Seja bem vindo ao nosso site Rádio Educativa Vanguarda FM Uma rádio de Verdade a serviço do povo!

Saude
EDUCAÇÃO
ESPORTE
ANINCIE AQUI
SOCIEDADE
ANUCIE SITE

Portal de Notícias

Sem atingir meta, vacinação contra sarampo e pólio terá novo 'dia D'

Balanço da pasta aponta que 3,3 milhões de crianças de um ano a menores de cinco anos ainda não foram vacinadas.

Publicada em 29/08/18 às 19:51h - 146 visualizações Rádio Educativa Vanguarda FM

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Sem atingir meta, vacinação contra sarampo e pólio terá novo 'dia D'

Sem atingir meta, vacinação contra sarampo e pólio terá novo 'dia D'

Sem atingir a meta de vacinação contra sarampo e poliomielite, o Ministério da Saúde passou a orientar estados e municípios para que mantenham os postos de saúde abertos em horário estendido neste sábado (1º).

Na prática, a medida ocorrerá como um segundo "dia D" da campanha de vacinação contra as duas doenças.

A quatro dias do fim da mobilização, prevista para ser encerrada na sexta-feira (31), balanço da pasta aponta que 3,3 milhões de crianças de um ano a menores de cinco anos ainda não foram vacinadas -o equivalente a 30% do público-alvo, composto por 11 milhões de crianças desta faixa etária.

Diante da dificuldade, o ministério orienta que estados e municípios que não alcançaram a meta realizem um novo dia de vacinação.

A organização do novo dia D, porém, dependerá de cada secretaria de saúde. O ministério orienta aos pais que busquem informações junto à rede de saúde sobre quais postos devem ficar abertos ao longo do dia.

Segundo o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, a nível nacional não há previsão de prorrogar a campanha, já que as vacinas estão disponíveis no calendário da rede de saúde.

A decisão sobre uma possível prorrogação, assim, dependerá de cada estado.

Até terça-feira (28), apenas um deles já havia atingido a meta: caso do Amapá, com 99,8% das crianças dessa faixa etária vacinadas contra a pólio e 99,4% contra o sarampo.

Outros estados, no entanto, ainda apresentam baixas coberturas. É o caso do Rio de Janeiro, com pouco mais de 51% das crianças já vacinadas, e do Distrito Federal.

Entre as capitais, os menores índices estão em Boa Vista e Salvador, ambas com cerca de 38% das crianças não vacinadas.

AVANÇO DO SARAMPO

Neste ano, a campanha de vacinação é "indiscriminada", o que significa que mesmo crianças que estão com a carteirinha de vacinação em dia devem receber novas doses de reforço contra as duas doenças.

O objetivo é uniformizar a cobertura de vacinação em todo o país e evitar o avanço do sarampo.

Dados do último levantamento feito pelo ministério aponta que, desde fevereiro até 28 de agosto, já foram confirmados 1.553 casos da doença, com sete mortes. Outros 6.975 casos permanecem em investigação.

Dois estados registram surtos de sarampo: Amazonas, onde já foram confirmados 1.211 casos, e Roraima, com 300.

Também houve casos confirmados no Rio de Janeiro (18), Rio Grande do Sul (16), São Paulo (2), Rondônia (2), Pernambuco (2) e Pará (2). A pasta diz que a vacinação está sendo reforçada nesses locais para bloquear o avanço da doença.

Segundo o Ministério da Saúde, exames apontam que o genótipo do vírus que circula no país é o mesmo que circula na Venezuela -o que indica que o atual surto de sarampo é de origem importada.

Já em relação à poliomielite, dados da pasta não indicam registro de novos casos.

A recente queda nos índices de vacinação, porém, acendeu o alerta sobre o risco de um possível retorno da doença caso ocorra uma reintrodução do vírus e contato com não vacinados, uma situação que não ocorre desde 1990.

Em 2015, a taxa de vacinação de crianças contra a paralisia infantil era de 98,2%. Já em 2017, esse índice caiu para 77%.

ESQUEMA DE VACINAÇÃO

Realizada de forma indiscriminada a cada quatro anos, a campanha de vacinação visa elevar a cobertura e reforçar a proteção.

Durante a mobilização, a aplicação das doses tem esquemas diferentes dependendo da situação vacinal de cada criança. Crianças que nunca tomaram nenhuma dose de vacina contra a pólio, por exemplo, devem receber uma dose da VIP (vacina injetável).

Já aquelas que já tiverem tomado uma ou mais doses recebem a VOP (vacina oral), conhecida como gotinha. A ideia é reforçar a imunização contra a doença.

Contra o sarampo, a campanha prevê que todas as crianças recebam uma dose da vacina tríplice viral. A exceção são aquelas que já foram vacinadas nos últimos 30 dias.

Segundo as secretarias de saúde, a vacina é contraindicada apenas para crianças imunodeprimidas, como aquelas submetidas a tratamento de leucemia e pacientes de câncer.

Já crianças alérgicas à proteína lactoalbumina, presente no leite de vaca, devem informar o quadro às equipes de saúde. Neste caso, elas recebem outra vacina contra sarampo, produzida pelo instituto BioManguinhos.

Fonte: Folhapress e Portal o Dia




ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








WhatsApp 86994738001
Locutores
RAKIANA GOMES
RJ FILHO
Dj Naldo (Compadre)
CAMARA DE UNIÃO
CÃMARA DE MIGUEL ALVES
POVINO CARDOSO
SALVADOR OLIVEIRA
A VOZ DO BRASIL
PROSA RURAL
FCO SAMPAIO, NAYANE ,JLIMA ,TOINHO DO AROCHA E EDIVALDO
DANIEL CARDOSO
HORA DA AVE MARIA
REGINALDO CONCEIÇÃO
ALDO MELO
SANTA MISSA EM SUA CASA
SONS DA VANGUARDA
No Ar
Hora Certa

VIDEOS SOBRE SAÚDE
Bate Papo

Digite seu NOME:

Notícias Atualizadas
Denúncia do MPF contra Roberto Jefferson pede reparação financeira para policiais atacados
Ex-presidente do Peru é levado para base policial em Lima
O Assunto #851: Peru - o caos que derrubou Pedro Castillo
Três décadas de crises: relembre presidentes do Peru desde 1990 que foram derrubados ou presos
Desembargadora vira ré no STJ por venda de alvará de soltura no Amazonas
JAM 2 - edição de quarta-feira, 7 de dezembro de 2022:
Santa Leopoldina, no ES, tem 50 pontos de deslizamentos
Bombeiros encontram corpo sob escombros na Região Metropolitana de BH após chuva intensa
Lívian Aragão deixa Farofa da Gkay para acompanhar o pai em hospital no Rio
Peça sua Música

Pedir

laura

oro verde

klb...

laura

oroverde

klb...

laura

oro verde

klb...

Francisco

União

alô ...

laura

oroverde

klb...

text

text

text...

Estatísticas

Visitas: 1571878

Usuários Online: 6

Rádio Vanguarda Educativa FM - Rua 10 de Novembro S/N P- Centro Empresarial Maria Amélia do Rego Motta - centro - União-PI - Fone: (86) 3265-1144
Copyright (c) 2022 - Rádio Educativa Vanguarda FM - Todos os direitos reservados
Converse conosco pelo Whatsapp!
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, radio matutos, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias,mp3,Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, �ltimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD