Seja bem vindo ao nosso site Rádio Educativa Vanguarda FM Uma rádio de Verdade a serviço do povo!

Saude
EDUCAÇÃO
ESPORTE
ANINCIE AQUI
SOCIEDADE
ANUCIE SITE

Portal de Notícias

Juro do cartão de crédito cai e o do cheque especial sobe em janeiro

Taxa média do cheque especial passou de 323% para 324,7% ao ano. Apesar de queda, juro do cartão continua acima de 300% ao ano. Inadimplência subiu de 4,9% para 5%. 27/02/2018

Publicada em 27/02/18 às 20:12h - 153 visualizações Rádio Educativa Vanguarda FM

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Juro do cartão de crédito cai e o do cheque especial sobe em janeiro

Os juros cobrados pelas instituições financeiras no cheque especial registraram pequeno aumento em janeiro, informou o Banco Central nesta terça-feira (27). A taxa média dessa modalidade ficou em 324,7% ao ano no mês passado, 1,7 ponto percentual acima do verificado em dezembro do ano passado (323% ao ano).

Já os juros médios das operações com cartão de crédito caíram e ficaram em 327,9% ao ano em janeiro. Em dezembro, estavam em 334,6% ao ano.

No ano passado, o Banco Central anunciou novas regras para o cartão de crédito. Desde então, o consumidor só pode fazer o pagamento mínimo de 15% do cartão por um mês. Na fatura seguinte, o banco não pode mais rodar a dívida: o cliente paga o valor total ou precisa parcelar a dívida em outra linha de crédito, com o juro mais barato.

Desde então, a taxa de juros do cartão, que estava em cerca de 500% ao ano no fechamento de 2016, vem caindo. Entretanto, ainda permanece acima dos 300% ao ano, uma das mais altas do mercado.

No caso do cheque especial, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou, no mês passado, que a autoridade monetária estuda "várias coisas" visando a queda das taxas cobradas pelos bancos.

A recomendação de economistas é que os clientes bancários não utilizem essas modalidades de crédito ou que as utilizem por um período de tempo muito limitado. Eles recomendam a busca por linhas mais baratas, como, por exemplo, o crédito consignado - em que as prestações do empréstimo são descontadas da folha de pagamentos.

Juros bancários médios

De acordo com o Banco Central, os juros médios nas operações de crédito com recursos livres (sem contar BNDES, crédito rural e imobiliário) registraram aumento em janeiro deste ano. Passaram a 41,1% ao ano , contra 40,3% ao ano verificado em dezembro do ano passado.

Também subiu, no começo deste ano, a taxa média das operações com pessoas físicas: 55,8% ao ano em janeiro, contra 55,1% ao ano em dezembro de 2017.

No caso dos empréstimos para as empresas, também com recursos livres, a taxa somou 22,3% ao ano em janeiro, alta de 0,7 ponto percentual na comparação com o fechamento de 2017 (21,6% ao ano).

O aumento das taxas médias cobradas pelas instituições financeiras aconteceu apesar do recuo dos juros básicos da economia desde outubro de 2016. No começo de fevereiro, atingiram a mínima histórica de 6,75% ao ano. A expectativa do mercado, até o momento, é de que esse seja o último corte de juros do ciclo.

A alta dos juros bancários acontece em um cenário de aumento da inadimplência, que passou de 4,9% em dezembro para 5% em janeiro, considerando inadimplência geral (pessoas físicas e jurídicas) nos empréstimos com recursos livres.

Se consideradas apenas pessoas físicas, a inadimplência ficou estável em 5,2%. No caso das empresas, porém, passou de 4,5% em deembro para 4,8% em janeiro.

Spread bancário sobe

Como os juros bancários avançaram no começo deste ano, em um momento de queda da taxa Selic, o chamado "spread bancário" (diferença entre o que os bancos pagam pelos recursos e o que cobram de seus clientes) também subiu no início de 2018.

No caso das operações com pessoas físicas, o "spread" avançou 1 ponto percentual em janeiro, para 47,2 pontos. Esse índice ainda é elevado quando comparado à média praticada pelos bancos em outros países.

O "spread" é composto pelo lucro dos bancos, pela taxa de inadimplência, por custos administrativos, pelos depósitos compulsórios (que são mantidos no Banco Central) e pelos tributos cobrados pelo governo federal, entre outros. No ano passado, o lucro dos maiores bancos cresceu 14,6%.

Dados do BC mostram que os quatro maiores conglomerados bancários - Itaú-Unibanco, Bradesco, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal - detinham, no fim de 2016, 78% de todas as operações de crédito feitas por instituições financeiras no país e também 76% dos depósitos.

Fonte: G1




ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








WhatsApp 86994738001
Locutores
RAKIANA GOMES
RJ FILHO
Dj Naldo (Compadre)
CAMARA DE UNIÃO
CÃMARA DE MIGUEL ALVES
POVINO CARDOSO
SALVADOR OLIVEIRA
A VOZ DO BRASIL
PROSA RURAL
FCO SAMPAIO, NAYANE ,JLIMA ,TOINHO DO AROCHA E EDIVALDO
DANIEL CARDOSO
HORA DA AVE MARIA
REGINALDO CONCEIÇÃO
ALDO MELO
SANTA MISSA EM SUA CASA
SONS DA VANGUARDA
No Ar
Hora Certa

VIDEOS SOBRE SAÚDE
Bate Papo

Digite seu NOME:

Notícias Atualizadas
Casal é preso com quase 1.300 tabletes de maconha em Uberlândia
Sem carnaval desde 2018, carros alegóricos viram decoração de Natal em Batatais; veja imagens
Concessionária de energia oferece plano de renegociação de dívidas em Limeira e mais quatro cidades
Sergipe registra 423 novos casos de Covid-19 e uma morte pela doença
Decoração natalina será inaugurada em espaços públicos de Porto Velho no início de dezembro
Casas de axé da Grande Aracaju se preparam para festa em homenagem a Oxum
Parque Vicentina Aranha recebe ação de conscientização do combate ao câncer neste domingo
Conheça quem são os sergipanos selecionados no The Voice Brasil
Paraíba registra 10 novos casos moderados ou graves de Covid-19 neste sábado (26)
Peça sua Música

Pedir

text

text

text...

Agostinho Santos

uniao

parabenizar a igreja reformada de união pelo oportuno programa....

Fabiano Eduardo

Rondonópolis MT

louvor 152...

Viviane

Teresina

Entre espuma...

Valdir Ferreira

Cacoal. ro

rabino.o louvo avaham...

araujo (texeira)

Mineiros- GO

Ele Amou-me Sem Nada Pedir...

Estatísticas

Visitas: 1571524

Usuários Online: 13

Rádio Vanguarda Educativa FM - Rua 10 de Novembro S/N P- Centro Empresarial Maria Amélia do Rego Motta - centro - União-PI - Fone: (86) 3265-1144
Copyright (c) 2022 - Rádio Educativa Vanguarda FM - Todos os direitos reservados
Converse conosco pelo Whatsapp!
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, radio matutos, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias,mp3,Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, �ltimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD