Seja bem vindo ao nosso site Rádio Educativa Vanguarda FM!

Saude
EDUCAÇÃO
ESPORTE
ANINCIE AQUI
SOCIEDADE
ANUCIE SITE

CIDADE DE UNIÃO

Aécio só faz dois discursos e desaparece após acusações de Joesley

O senado tucano só apresentou dois projetos

Publicada em 27/06/18 às 18:49h - 166 visualizações Rádio Educativa Vanguarda FM

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Aécio só faz dois discursos e desaparece após acusações de Joesley

Aécio só faz dois discursos e desaparece após acusações de Joesley

Em todo o primeiro semestre deste ano, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) só fez dois pronunciamentos na tribuna do plenário. No primeiro, em 6 de fevereiro, apoiou realização de sessão temática para discutir a violência e a segurança pública no Brasil. No segundo, exatos quatro meses depois, em 6 de junho, solicitou ao governo Michel Temer (MDB) apoio das forças de segurança para combater o crime em Minas Gerais (MG). Parece um mero registro de participação em plenário, mas é mais do que isso.

No caso do tucano, é uma das demonstrações de que o ex-presidenciável, antes protagonista da política nacional, passou a ocupar um patamar secundário no Congresso desde a revelação das gravações de conversas com Joesley Batista, dono da JBS, que transformaram o senador em réu no Supremo Tribunal Federal (STF). De lá para cá, Aécio só apresentou dois projetos, outro sinal de enfraquecimento.

Para efeito de comparação, só em 2014, ano em que travou a disputa contra a reeleição de Dilma Rousseff (PT), o senador mineiro fez 14 pronunciamentos na tribuna - situações que geralmente consomem minutos, mas que, a depender da natureza do discurso, podem chegar a uma, duas ou mais horas de fala. Naquele ano, fez todo tipo de discurso pela moralidade, defendeu a criação da CPI da Petrobras, exaltou os 20 anos do Plano Real e respondeu a provocações de adversários, principalmente petistas, com desenvoltura. Mas, nos últimos meses, o púlpito do Senado lhe tem servido mais como palco de defesa contra denúncias.

Foram oito pronunciamentos de Aécio em 2017, quando veio a público a gravação em que pede R$ 2 milhões a Joesley - propina, segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR), que o denunciou por corrupção e obstrução de Justiça ao STF. Empréstimo, de acordo com a versão dele. Em 4 de abril do ano passado, uma sinalização de que uma tempestade estava a caminho: o discurso serviu para rebater reportagem de capa da revista Vejasegundo a qual o tucano recebeu propina da Odebrecht, empreiteira-pivô do esquema de corrupção desvendado na Operação Lava Jato.

Em 2015 e em 2016, sempre conforme registros oficiais do Senado, Aécio fez 25 e 26 pronunciamentos, respectivamente. Em 2016, ano que antecedeu a explosiva delação premiada de Joesley Batista - também denunciado por corrupção -, foram constantes as manifestações do tucano na tribuna para defender o impeachment da então presidente Dilma Rousseff. Naquele ano, o senador personificava em plenário o grupo que, derrotado nas urnas dois anos antes, ganhou força política diante da fragilidade da petista.

Dois projetos

Mas não foi só o poder de fala de Aécio que perdeu vigor desde a avalanche de denúncias que passaram a alvejar Aécio nos últimos anos. Primeiro integrante do PSDB réu na Lava Jato no STF, o tucano é alvo de nove inquéritos na Corte. Desde a mais contundente delas, a relativa à delação de Joesley, a produção legislativa do senador apresentou uma queda significativa: da participação nas principais discussões em plenário até a apresentação de proposições diversas - projetos de lei (PL), propostas de emenda à Constituição (PEC) etc.

Desde fevereiro de 2011, quando deu início ao mandato no Senado, Aécio apresentou 216 proposições, requerimentos e outros instrumentos legislativos, mas apenas 52 delas são PLs, PECs ou projetos de resolução. Dessas 52, apenas duas foram apresentadas pelo senador depois das revelações de Joesley Batista: o PL 223/2017, que altera o instituto da adoção; e o PL 56/2018, que dispõe sobre o direito de convivência da criança ou do adolescente com pais privados de liberdade ou sob medida socioeducativa.

Nos primeiros anos de mandato, quando o tucano desempenhava seu papel de oposição a Dilma, a maioria das proposições apresentadas era de requerimentos para que ministros da petista, entre outras autoridades, dessem explicações por questões diversas ao Senado. Foram 163 os requerimentos de informação e esclarecimento, além de uns poucos que solicitavam, por exemplo, apenas a retirada de pauta de projetos ou emendas.

Aécio também era escolhido para relatar mais matérias antes do furacão Joesley. De 2011 até hoje, foram 57 relatorias de projeto, das quais apenas duas designadas depois da veiculação das gravações da JBS: uma para o PL 148/2007, que inclui municípios de Minas Gerais e do Espírito Santo na área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene); e outra para o Ofício 62/2017, que formalizou a indicação de Sérgio Santos Rodrigues para o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).


Aécio Neves
Aécio Neves



Fonte: Congresso em Foco e Portal MN



ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








WhatsApp 86994738001
Locutores
EDIVALDO RODRIGUES
CAMARA DE UNIÃO
CÃMARA DE MIGUEL ALVES
ADRIANA MORAIS
POVINO CARDOSO
SALVADOR OLIVEIRA
A VOZ DO BRASIL
PROSA RURAL
FCO SAMPAIO E TOMAZ BARBOSA
DANIEL CARDOSO
HORA DA AVE MARIA
REGINALDO CONCEIÇÃO
ALDO MELO
SANTA MISSA EM SUA CASA
SONS DA VANGUARDA
No Ar
Hora Certa

VIDEOS SOBRE SAÚDE
Bate Papo

Digite seu NOME:

Notícias Atualizadas
Mais de 1,4 mil presos do presídio Urso Branco estão aptos para votar nas Eleições, diz TRE- RO
'Cão Sem Dono' e 'Quando Tem Sentimento': Mari Fernandez lança novas músicas após gravar DVD em Fortaleza
Homens são detidos em posse de adesivos, ?santinhos' de candidato e R$ 12 mil na cidade de Bacabeira
Governo da Bahia publica decreto com atualização das normas de prevenção à Covid-19; confira
Centro de Vigilância em Saúde oferece doses de várias vacinas no próximo sábado em Juiz de Fora
Inscrições abertas para curso de preparação à Carreira do Ministério Público de SC
Gerente da INB é investigada por recusar candidato aprovado em concurso público: 'Além de preto e viado, deve ser petista'
Eleições 2022: cerca de 600 presos provisórios poderão votar no RS
Dificuldade escolar e problemas de audição nas crianças.
Peça sua Música

Pedir

Agostinho Santos

uniao

parabenizar a igreja reformada de união pelo oportuno programa....

Fabiano Eduardo

Rondonópolis MT

louvor 152...

Viviane

Teresina

Entre espuma...

Valdir Ferreira

Cacoal. ro

rabino.o louvo avaham...

araujo (texeira)

Mineiros- GO

Ele Amou-me Sem Nada Pedir...

Ailton Bacelar

União

hoje tem cabaré ...

Estatísticas

Visitas: 1566613

Usuários Online: 1

Rádio Vanguarda Educativa FM - Rua 10 de Novembro S/N P- Centro Empresarial Maria Amélia do Rego Motta - centro - União-PI - Fone: (86) 3265-1144
Copyright (c) 2022 - Rádio Educativa Vanguarda FM - Todos os direitos reservados
Converse conosco pelo Whatsapp!
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, radio matutos, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias,mp3,Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, Últimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD